Esalerg – Alívio dos sintomas da rinite alérgica


Apresentação

Esalerg – Caixa com 10 comprimidos revestidos

Uso adulto
Uso oral
Uso pediátrico com idade acima de 12 anos

Esalerg é composto por: Desloratadina 5mg
Excipientes: Amidoglicolato de sódio, Estearato de magnésio, Celulose microcristalina, Dióxido de silício, Álcool polivinílico, Talco, Lactose monoidratada, Dióxido de Titânio, Macrogol, Fosfato de cálcio dibásico di-hidratado.

Laboratório Aché

Aparência

Comprimido na cor branca no formato redondo com revestimento

Esalerg – Para que serve?esalerg comprimido

Esalerg serve para aliviar sintomas resultantes da rinite alérgica como coceira no nariz, coriza, coceira nos olhos, espirros, olhos lacrimejando, tosse, coceira no céu da boca. Esalerg também serve para ajudar nos sintomas de alergia que se apresentam na pele resultado da alergia de algum alimento, medicamento ou alguma outra substância. Esse tipo de alergia se caracteriza por deixar a pele avermelhada e as vezes inchada.


Histamina é a substância causadora da alergia, assim Esalerg tem ação impedindo a liberação dessa substância e bloqueando sua inflamação.

Contraindicações

Pacientes com sensibilidade a algum dos componentes da fórmula de Esalerg não devem usar esse medicamento.
Pacientes em período de gravidez não devem fazer uso de Esalerg.
Pacientes em período de amamentação não devem fazer uso desse medicamento.

Paciente com idade menor que 12 anos não devem fazer uso de Esalerg

O medicamento Esalerg não causa sono então não causa alterações nos reflexos não trazendo problemas a capacidade de controlar máquina ou dirigir.

Esse medicamento não potencializa os efeitos do álcool.

Não foram observadas reações complicadas de Esalerg com outros medicamentos ou alimentos. De qualquer forma sempre informe ao médico sobres os medicamentos que já faz uso para uma avaliação segura e tratamento eficaz.

Esalerg – Como tomar?

É recomendado para adultos e pacientes com idade maior que 12 anos tomar 1 comprimido de Esalerg ao dia para aliviar sintomas decorrentes da rinite alérgica e alergia da pele (urticária). Deve ser ingerido com algum líquido para facilitar a deglutição. O comprimido não deve ser mastigado ou partido.

Se houver casos de esquecimento, tome assim que lembrar. Não duplique a dose.

Reações adversas

Foram observadas algumas reações desconfortáveis com o uso de Esalerg que incluem:

  • Secura na boca
  • Dor de cabeça (cefaleia)
  • Canseira
  • Batimento do coração alterado
  • Inquietação

Se ocorrer algum dos sintomas citados acima ou qualquer outro tipo de sintoma decorrentes do uso de Esalerg, procure auxilio médico. Às vezes é necessário interromper o tratamento de acordo com avaliação médica.

Superdosagem

Em casos de ingestão de uma grande quantidade de Esalerg procure auxílio médico. Se possível leve o medicamento e sua bula para maiores esclarecimentos. Para maiores informações ligue para 0800 722 6001

Armazenamento

Manter em temperatura normal (ambiente) longe da umidade e da luz.
Data de fabricação e validade pode ser consultada na própria embalagem do medicamento.
Não use Esalerg se estiver com data de validade vencida.
Antes de fazer uso do medicamento observe suas características como cor do comprimido e integridade da embalagem. Se esses estiverem alterados não fala uso do medicamento procure o farmacêutico.
Esalerg como todo medicamento deve ser mantido longe do alcance das crianças.

Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Esalerg é um medicamento. Leia a bula. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o Farmacêutico.

Informações adicionais

Rinite alérgica

A rinite alérgica é resultante de um reflexo imunológico que reage a partículas estranhas que são inaladas. Essas partículas são chamadas de alérgenos. Pacientes que são alérgicos tem uma sensibilidade maior a esses alérgenos, assim na tentativa de defender o organismo dessas partículas identificadas estranhas, começam os sintomas espirro, coriza, coceira nos olhos e no nariz entre outros sintomas.

A rinite alérgica pode ser também de origem genética, se algum dos progenitores tiver histórico do problema, há grande chance dos filhos terem essa reação chamada Rinite alérgica.

Pacientes com outros problemas alérgicos tem maior probabilidade de terem a rinite alérgica.

Sintomas gerais da Rinite alérgica

  • Sensibilidade a odores
  • Olhos lacrimejando
  • Coceira no céu da boca
  • Inchaço nos olhos
  • Tosse
  • Canseira
  • Dor de cabeça
  • Sensação do olfato diminuído
  • Espirros
  • Irritação na pele

É importante avaliação médica para concluir que tipo de tratamento e medicamento é necessário para trazer alivio em épocas de crise da Rinite alérgica.

Prevenção em casa

Algumas medidas podem ser tomadas para tentar retardar o processo da rinite alérgica. Alguns deles são:

  • Cômodos arejados
  • Limpar com frequência a poeira
  • Tapetes e carpetes não são recomendados
  • Limpar o guarda roupa  e retirar o que está inutilizado só pegando poeira
  • Ursinhos de pelúcia não são recomendados mas se tiver mantê-los limpos
  • Animais de estimação devem ser mantidos no quintal e não dentro de casa

Cada caso é um caso, mas é possível tentar prevenir para que tais crises aconteçam com menos frequência.

Gostou do Artigo? Compartilhe:

Este artigo foi útil? Compartilhe nas redes sociais e comente abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *