Figatil – Alívio da azia e má digestão!


Apresentação

Figatil – Caixa com 20 ou 200 drágeas (Drágea – forma sólida em volta de um comprimido que teve um processo de revestimento com corante e açúcar. Esse processo é chamado drageamento)

Uso adulto
Via oral

Figatil é composto por: Extrato seco de boldo 69,44 mg, Extrato de alcachofra 41,67 mg
Excipientes: Carbonato de cálcio, Sacarose, Talco, Ácido esteárico, Amido, Estearato de magnésio, Cera de carnaúba, Goma arábica e Corante amarelo Tartrazina.

Boldo – Peumus boldus parte utilizada folha
Alcachofra – Cynara scolymus parte utilizada folhafigatil planta

Laboratório Catarinense

Aparência

Medicamento Fitoterápico – Drágeas com formato redondo liso brilhoso e cor amarela.


Figatil – Para que serve?

Figatil serve para auxiliar o aumento da bile no fígado processo chamado de colagoga e colerética, ajudando assim a tratar os problemas da região gástrica e das contrações musculares gastrointestinais.

A alcachofra e o boldo são plantas conhecidas por ajudar na digestão por isso Figatil que tem essas duas plantas é um medicamento eficaz para o desconforto gástrico. Figatil começa a ter seus efeitos nos organismo depois de 15 ou 30 minutos de ingerido.

Contraindicações

Pacientes com sensibilidade a algum dos componentes da fórmula de Figatil não devem fazer uso desse medicamento.
Pacientes em período de gravidez não devem fazer uso de Figatil, pois podem esse medicamento pode causar contrações e pode aproximar o parto.
Pacientes em período de amamentação não devem fazer uso de Figatil, pois suas substâncias amargas podem se misturar com o leite da mãe.
Pacientes com idade menor que 12 anos.
Pacientes com problemas listados abaixo não devem fazer uso de Figatil:

  • Ducto biliar – Estruturas por onde passa a bile
  • Vias biliares inflamadas
  • Inflamação na vesícula biliar
  • Problemas no fígado como cirrose, hepatite tóxica ou virótica
  • Câncer no pâncreas, fígado ou ducto biliar
  • Anemia hemolítica resultante de icterícia

Nota para pacientes diabéticos: Figatil contém na sua formulação Sacarose.

Pacientes com problemas como asma brônquica e alérgica ao ácido acetilsalicílico devem ter cuidado com Figatil que contém Tartrazina corante amarelo que pode resultar em reações alérgicas principalmente para pacientes com problemas como os citados acima.

Sempre informe ao médico todos os medicamentos que já faz uso e tratamentos já iniciados

Interação com outros medicamentos

Figatil pode alterar os resultados do medicamento Varfarina. Pacientes que fazem uso desse medicamento precisam de avaliação médica para fazer uso de Figatil.

Como tomar Figatil?

É recomendado tomar 2 drágeas de 1 a 6 vezes por dia. Não se deve ultrapassar 12 drágeas por dia podendo ser dividido em 6 doses durante o dia. Deve ser ingerido com ajuda de algum líquido, não deve ser mastigado ou dividido.

Fale ao médico todos os medicamentos que já faz uso, pois medicamentos fitoterápicos quando tomados juntamente com outros medicamentos fitoterápicos podem ter interações desconfortáveis.

Se houver esquecimento de tomar alguma dose de Figatil não dobre a dose, apenas continue com os comprimidos nos próximos horários não havendo necessidade de repor a dose esquecida. Se tiver dúvida procure um farmacêutico.

Reações adversas

Raramente se tem relato de que Figatil casou reações desconfortáveis depois que se iniciou o tratamento, no entanto em situações raras podem causar reações alérgicas e reações desconfortáveis na região gástrica.

Se houver qualquer tipo de sintoma que cause mal estar após o início do tratamento com Figatil procure auxílio médico para tirar dúvidas.

Superdosagem

Em casos acidentais de ingestão de uma grande quantidade de Figatil pode ocorrer enjoo, contração muscular e vômito. Procure ajuda médica imediatamente e se possível leve o medicamento e sua bula para maiores esclarecimentos. Para maiores informações poderá ligar para 0800 722 6001

Armazenamento

Manter em temperatura normal (ambiente) longe da umidade e da luz.
Data de fabricação e validade pode ser consultada na própria embalagem do medicamento. Geralmente Figatil tem 24 meses de validade após a data de fabricação.
Não use Figatil se estiver com data de validade vencida.
Antes de fazer uso de Figatil observe suas características como cor do comprimido e integridade da embalagem, se esses estiverem alterados não faça uso do medicamento. Procure um farmacêutico.
Figatil como todo medicamento deve ser mantido longe do alcance das crianças.

Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Figatil é um medicamento. Leia a bula. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o Farmacêutico.

Gostou do Artigo? Compartilhe:

Este artigo foi útil? Compartilhe nas redes sociais e comente abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *