Flanax Bula – Para Que Serve? Como Funciona? Posologia!


Apresentação

Flanax é um medicamento indicado para o tratamento de dores agudas (limitada a um determinado período de tempo e de gravidade).

Fabricado pelo laboratório Bayer, o remédio é de uso oral e adulto.

A sua versão em comprimidos pode ser adquirida em 275 mg (embalagem com 20 comprimidos) ou 550 mg (embalagem com 10 comprimidos).

Cada comprimidos de 275 mg possui o equivalente a 250 mg de naproxeno sódico e seus excipientes: povidona, hipromelose, celulose microcristalina, macrogol, estearato de magnésio, laca azul, dióxido de titânio, água purificada e talco.

Cada comprimidos de 550 mg de Flanax possui os mesmos excipientes de 275 mg e o equivalente a 500 mg de naproxeno sódico.

Aparência do Flanax

Flanax comprimido de 275 mg tem formato ovalado e a sua coloração é azulada.


Flanax de 550 mg também possui formato ovalado e coloração azulada, porém é sulcado em uma das faces.

Flanax – Para que serve?

Esse medicamento serve para o tratamento de dores causadas por inflamação (dor de garganta, dor abdominal, dor de dente, dor de cabeça) e também para o alívio da febre.

Combate os sintomas da gripe e resfriado e também possui eficácia em dores musculares e articulares (torcicolo, bursite, tendinite, dor nas costas, dor nas pernas, dor reumática).

Também é indicado para dores após traumas como, entorses, distensões, lesões e contusões decorrentes á prática esportiva.

Dores causam bastante incomodo e Flanax age diretamente na redução da  inflamação, aliviando a dor e agindo rapidamente, onde após a sua ingestão, com cerca de aproximadamente 20 minutos o paciente já consegue observar sinais de melhora em seus sintomas.

homem com dores nas costas

Contraindicações

É contraindicado em pacientes que tenham hipersensibilidade ao naproxeno sódico (principio ativo do medicamento) ou a qualquer outro componente da fórmula.

Esse medicamento é contraindicado em pacientes com crises de asma, urticária (coceiras que podem surgir de repente, em qualquer região do corpo, e desaparecer espontaneamente).

Não é indicado para pacientes com alergia ao ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios não esteroides (AINEs).

Pacientes com histórico atual ou recente de úlcera e sangramento gastrintestinal, não devem usar o medicamento.

Flanax é contraindicado em gestantes sem orientação médica.

Interações com outros medicamentos

O uso concomitante de Flanax com alguns medicamentos podem ter seus efeitos alterados. Confira abaixo:

Ciclosporina: Utilizando em conjunto com o Flanax, o paciente terá maior chance de toxicidade para os rins.

Lítio: O uso do lítio com Flanax pode aumentar os níveis do lítio no sangue, causando enjoo, sede, tremor, confusão e o aumento da diurese.

Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs): O uso de qualquer anti-inflamatório concomitante com Flanax aumenta o risco de úlcera e do sangramento gastrintestinal.

Anticoagulantes: Em conjunto com Flanax, aumenta o risco de sangramento, onde o paciente precisará ser monitorado.

Corticosteroides: Aumenta as chances de úlcera e sangramento gastrintestinal.

Diuréticos e anti-hipertensivos: O uso em conjunto com Flanax, causa a redução da eficácia do efeito diurético e anti-hipertensivo.

Flanax pode ser administrado em conjunto com medicamentos antiácidos, remédios para diabetes, hidantoína, probenecida e zidovudina.

A administração de Flanax deve ser com o auxílio de água, não sendo recomendado o seu uso com a absorção de alimentos, pois poderá retardar o efeito do medicamento.

Como usar Flanax?

comprimidos de Flanax

É recomendado o uso de 1 comprimidos de 275 mg, 2 vezes ao dia.

Para os comprimidos de 550 mg, é indicado tomar 1 comprimido, 1 vez ao dia.

A dose máxima diária é de 550 mg, onde somente em casos de orientação médica, a mesma deverá ser excedida, porém com cautela.

Em idosos e pacientes com insuficiência renal, cardíaca e hepática grave, o indicado é tomar a menor dose.

Flanax deve ser ingerido em jejum, com água, sem mastigar, cortar ou partir o comprimido.

O período do tratamento é de até 10 dias, onde não é recomendado o uso do Flanax acima desse período, onde o ideal é procurar o seu médico caso os sintomas de dores persistam por mais de 10 dias consecutivos de uso do medicamento.

Reações adversas

Caso apareça qualquer tipo de efeito colateral durante o tratamento, procure o seu médico imediatamente.

Flanax é bem tolerado em todos os pacientes, porém assim como outros medicamentos também poderá causar reações adversas, que poderá variar de acordo com o paciente.

As principais reações adversas causadas são:

  • Inchaço;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Náuseas;
  • Aumento de gases;
  • Indigestão;
  • Dor abdominal;
  • Presença de sangue nas fezes;
  • Vômitos;
  • Vertigem;
  • Edema;
  • Sede em excesso;

Superdosagem

comprimidos de Flanax

Caso o paciente faça a ingestão de forma acidental de uma grande quantidade ou uma dosagem proposital acima do recomendado, poderá sofrer algumas reações adversas como:

  • Sonolência;
  • Tontura;
  • Dor abdominal;
  • Azia;
  • Indigestão;
  • Enjoo;
  • Vômitos;
  • Disfunção renal;
  • Falta de ar;
  • Acidose metabólica;
  • Convulsões;

Caso se manifestem esses sintomas ou outros tipos de reações adversas, o paciente deverá procurar uma emergência médica com urgência, onde serão realizados procedimentos adequados para a desintoxicação do medicamento.

Armazenamento

Deve ser armazenado em sua embalagem original, protegido de umidade e da luz.
Informações como número de lote, data de fabricação e prazo de validade do produto podem ser encontradas na embalagem exterior do produto.
Assim como todo medicamento deve ser mantido longe do alcance das crianças.

Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Flanax é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o Farmacêutico. Leia a bula.

Gostou do Artigo? Compartilhe:

Este artigo foi útil? Compartilhe nas redes sociais e comente abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *