Ginkomed – Contra problemas de memória, tontura e dor de cabeça – Veja a bula!


Apresentação

Caixa com 30 comprimidos revestidos de Ginkomed 40 mg
Caixa com 30 comprimidos revestidos de Ginkomed 80 mg

Medicamento Fitoterápico

Uso oral
Uso adulto

Ginkomed 40 mg é composto por: Ext. seco de Ginkgo biloba 40 mg
Excipientes: Estearato de magnésio, Dióxido de silício coloidal, Croscarmelose sódica, Celulose microcristalina, Dióxido de titânio, Álcool etílico, Óxido de ferro amarelo, Povidona, Álcool isopropílico, Polímeros para revestimento q.s.p 1 comprimido revestido

Ginkomed 80 mg é composto por: Ext. seco de Ginkgo biloba 80 mg
Excipientes: Estearato de magnésio, Dióxido de silício coloidal, Croscarmelose sódica, Celulose microcristalina, Dióxido de titânio, Álcool etílico, Óxido de ferro amarelo, Povidona, Álcool isopropílico, Polímeros para revestimento q.s.p 1 comprimido revestido

Laboratório Cimed


AparênciaGinkomed bula

Comprimido com revestimento redondo bicôncavo na cor amarelo mostarda

Ginkomed – Para que serve?

Ginkomed serve para auxiliar em problemas de memória devido a deficiência do fluxo sanguíneo no cérebro, tonturas, zumbidos, cefaléia (dor de cabeça), função cognitiva, problemas na retina, problemas circulatórios e fase inicial de demência como por exemplo Alzheimer.

Ginkomed funciona fazendo com que o fluxo do sangue aumente e como consequência se tem a melhora de oxigênio para as células, isso faz com que  não acumule as plaquetas e protege os tecidos da falta do oxigênio.

Contraindicações

Pacientes com sensibilidade a qualquer um dos componentes de Ginkomed não devem fazer uso desse medicamento.
Pacientes com histórico de problemas de coagulação ou que estejam fazendo uso de antiplaquetários e anticoagulantes precisam ter cautela ao usar Ginkomed. É importante avaliação e acompanhamento médico.
Pacientes em período de gravidez não devem fazer uso deste medicamento sem orientação médica
Pacientes em período de amamentação precisam de avaliação médica para fazer o uso de Ginkomed.
Antes da realização de procedimentos cirúrgicos é importante a interrupção de Ginkomed pelos menos 3 dias antes do procedimento.

Pacente com idade menor que 12 anos não podem fazer uso de Ginkomed

Interações de Ginkomed com outros medicamentos

Ginkomed não deve ser usado juntamente com medicamentos anti-flamatórios não esteroidais, anticoagulantes, agentes trombolíticos e antiplaquetários, pois pode aumentar o risco de hemorragia.
Ginkomed pode diminuir o efeito de medicamentos como a insulina e anticonvulsivantes por isso não devem ser usados juntamente.
Ginkomed se usado juntamente com Hypericum Perforatum ou Buspirona pode resultar em estado mental alterado.
Este medicamento potencializa o resultado de medicamentos inibidores da monoamina oxidase e aumenta as reações colaterais do nifedipino. Pode também aumentar a probabilidade do aparecimento da síndrome serotoninérgica e causar aumento da pressão se usado com diuréticos tiazídicos.
Ginkomed se usado juntamente com Omeprazol pode resultar em redução da quantidade de Omeprazol no sangue
A substância Trazodona, se associada com este medicamento, pode resultar em excesso da ação sedativa.
Ginkomed associado com Fluoxetina e Risperidona pode resultar em  disfunção sexual. E em junção com papaverina Ginkomed pode aumentar os efeitos terapêuticos e reações adversas.

Sempre fale ao seu médico todos os tratamentos de saúde que já estão em andamento e medicamentos que faz uso para uma avaliação segura do tratamento com Ginkomed.

Como tomar Ginkomed?

É recomendado tomar 1 comprimido 3 vezes por dia. Deve ser ingerido com ajuda de algum líquido. Não deve ser dividido ou mastigado.
Siga o tratamento proposto pelo seu médico e se houver dúvidas consulte-o.

Se houver caso de esquecimento de alguma dose em hoario especifico de Ginkomed, apenas diga com os próximos horários. Nunca duplique a dose.

Reações adversas

Foram observadas algumas reações com o uso de Ginkomed que podem incluir:

  • Dor e cabeça
  • Reações alérgicas
  • Enjoo
  • Problemas gastrointestinais
  • Palpitação
  • Hemorragias
  • Pressão baixa

Se houver qualquer um desses sintomas ou qualquer outro sintoma resultante do início do tratamento com Ginkomed, tire sua duvidas com o médico ou farmacêutico.

Superdosagem

Em casos de ingestão de uma grande quantidade de Ginkomed procure ajuda médica. Se possível leve o medicamento e a bula do mesmo para maiores explicações. Para mais orientações poderá ligar para 0800 722 6001

Armazenamento

Mantenha em temperatura normal (ambiente) longe da umidade e da luz.
Data de fabricação e validade pode ser consultada na própria embalagem do medicamento.
Nunca use com a data de validade vencida.
Antes de fazer uso do medicamento observe suas características como a integridade da embalagem e do medicamento e se esses estiverem alterados, não faça uso do produto. Procure um farmacêutico.
Todo medicamento deve ser mantido longe do alcance das crianças.

Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Ginkomed é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o Farmacêutico. Leia a bula.

Gostou do Artigo? Compartilhe:

Este artigo foi útil? Compartilhe nas redes sociais e comente abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *