Hidróxido de Alumínio – Contra inchaço, dor e azia – Veja a bula simplificada!


Apresentação

Caixa com 1 frasco de suspensão de Hidróxido de alumínio 240 ml

Uso oral
Uso adulto

Hidróxido de alumínio é composto por: Hidróxido de alumínio 61, mg
Veículo: Propilparabeno, Simeticona, Metilparabeno, Sacarina sódica, Propilparabeno, Álcool etílico, Hipoclorito de sódio, Sorbitol, Essência de hortelã, Água purificada q.s.p 1 ml

Laboratório EMSHidroxido de Aluminio xarope

Hidróxido de alumínio – Para que serve?

Hidróxido de alumínio serve para auxiliar nas infecções da região gástrica como úlceras gastroduodenais e gastrites que geralmente são acompanhadas com sintomas como: inchaço, dor e azia. Hidróxido de alumínio ajuda a trazer alívio de forma rápida a esses sintomas.

Contraindicações

Pacientes com sensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula de Hidróxido de alumínio não devem fazer uso desse medicamento.
Não interrompa o tratamento sem a avaliação do médico
Pacientes em período de gravidez não devem fazer uso deste medicamento sem orientação de um médico. Nos 3 primeiros meses de gestação não é recomendado tomar Hidróxido de Alumínio.
Pacientes com histórico de hemorragia gástrica, apendicite, hemorragia retal, obstrução no intestino, insuficiência nos rins, casos de hemorroidas não devem fazer uso deste medicamento
Pacientes pediátricos precisam de avaliação médica para fazer uso de Hidróxido de alumínio
Não é recomendado fazer uso de Hidróxido de alumínio por um período maior que 2 semanas


Interações de Hidróxido de alumínio com outros medicamentos e alimentos

Usar Hidróxido de alumínio juntamente com fenotiazinas, tetraciclinas, diflunisal, benzodiazepínicos, quinolonas e medicações como Cetoconazol, Digoxina, Sais de lítio, Captopril, Propranolol, Ranitidina, Atenolol e Ácido acetilsalicílico podem ter seus efeitos reduzidos.
A substância Levodopa pode ter seus efeitos potencializados se usado juntamente com Hidróxido de alumínio.

O uso de alimentos com cálcio (leite) ou antiácidos podem resultar um aumento do cálcio.

Sempre fale ao médico todos os tratamentos de saúde que já estão em andamento e todos os medicamentos que já faz uso para uma avaliação segura do uso de Hidróxido de alumínio.

Como usar Hidróxido de alumínio?

Agite o frasco antes de fazer uso do Hidróxido de alumínio

Em casos queimação e azia é recomendado tomar 10 ml (2 colheres de chá) em meio copo de leite ou água aproximadamente 1 hora depois das refeições

Em casos de úlcera gastroduodenal é recomendado tomar 15 ml (1 colher de sopa) ou de 10 a 20 ml ( 2 a 4 colheres de chá) com meio copo de leite ou água em um período intervalado de 2 a 4 horas aproximadamente 1 hora depois das refeições

Não há especificações especiais para pacientes idosos há não ser nos casos de contraindicações já especificados.

Reações adversas

Foram observados alguns sintomas desconfortáveis durante o tratamento com Hidróxido de alumínio que podem incluir:

  • Enjoo
  • Intestino preso
  • Vômito

Se surgir qualquer um dos sintomas acima ou outros sintomas ruins resultantes do início do tratamento com Hidróxido de alumínio procure ajuda médica às vezes é necessário interromper o uso do medicamento.

Superdosagem

Em casos acidentais de ingestão de uma grande quantidade de Hidróxido de alumínio procure ajuda médica imediatamente. Se possível leve o medicamento e a bula do mesmo para maiores esclarecimentos.

Armazenamento

Manter em temperatura normal (ambiente) longe da umidade e da luz.
Data de fabricação e validade pode ser consultada na própria embalagem do medicamento.
Não faça uso desse medicamento se estiver com data de validade vencida pode ser prejudicial a sua saúde.
Antes de fazer uso de Hidróxido de alumínio observe suas características como integridade da embalagem e do produto, se esses estiverem estranhos não faça uso do medicamento. Procure um farmacêutico.
Todo medicamento deve ser mantido longe do alcance das crianças.

Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Hidróxido de alumínio é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o Farmacêutico. Leia a bula.

Gostou do Artigo? Compartilhe:

Este artigo foi útil? Compartilhe nas redes sociais e comente abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *